Uma dieta saudável e ecologicamente correta

Olimpio Araújo Junior*

Mal sabia eu, ainda enquanto menino, o bem que estava fazendo para minha vida futura, quando em um ato quase que instintivo, colhia brotos de bambu com meus colegas, para depois fazermos uma deliciosa salada temperada com limão.

Os brotos de bambu a séculos fazem parte da dieta de chineses, japoneses e indianos, dando origem a uma variedade incrível de pratos tradicionais, fritos, assados, fervidos e secos. Porém, as vantagens da utilização do broto de bambu não se restringe aos deliciosos pratos resultantes. Atualmente a medicina ocidental está descobrindo o que a oriental já sabe a muito tempo, a riqueza em nutrientes (Proteína vegetal, fibras, cálcio, aminoácidos, fósforo, vitaminas B1,B2 e C), além de seu potencial medicinal, que hoje já é indicado na ajuda da digestão estimulando os movimentos peristálticos do estômago e intestino, como anti hemorrágico, na prevenção e cura de doenças cardiovasculares, no combate a eplepsia infantil, na cura de erupções da pele e na diminuição da gordura e pressão sangüínea e até mesmo a utilização do chá feito das folhas do bambu para tosse. (algumas destas atribuições medicinais podem ser encontradas no “Dicionário de Plantas úteis do Brasil e das exóticas cultivadas”, vol.1, de M. Pio Corrêa).

Mas isso não é tudo. Esta planta também é responsável pelo combate a fome em países pobres, principalmente na Ásia. O alto valor alimentício de sua semente e de seus brotos atenuaram muito a fome e a carência de nutrientes de pessoas carentes na Índia durante o último século, já que pode ser usado tanto para alimentação humana, quanto como forrageira para alimentação de bois, búfalos e elefantes e ainda como adubo verde para hortas e pequenas plantações. Uma frase atribuída a Confúcio sintetiza o pensamento oriental sobre o bambu: “nós podemos viver sem carne; nós não vivemos sem bambu”.

É uma pena que o dono daquele bambuzal de meus tempos de infância não ficou sabendo de tudo isso antes, quem sabe hoje ele ainda plantasse bambus. Mas ainda é tempo de corrigir este erro, pois além de todas as vantagens que citei, o bambu cresce rápido!

* O autor é Coordenador Nacional da Rede de Informações AMBIENTE TOTAL – www.ambientetotal.cjb.net.

0 Responses to “Uma dieta saudável e ecologicamente correta”


  • No Comments

Leave a Reply